Graças aos esforços do Prof. Waclaw Wierzbieniec e do Departamento de História e Cultura Judaica do Instituto de História da Universidade de Rzeszów, e com o apoio de autoridades e instituições locais, mais de 30 cidades da província de Podkarpackie, na Polônia, honraram o 12º Dia Internacional da Lembrança do Holocausto por meio de várias cerimônias realizadas entre 2 de janeiro e 22 de fevereiro.

Diversos eventos foram organizados em locais de amplo alcance público por instituições e entidades como escolas, prefeituras, centros culturais, paróquias e órgãos públicos. O alto nível de envolvimento local e o extenso escopo da iniciativa são únicos, sem paralelo nas demais regiões da Polônia.

As Irmãs Katarzyna Kowalska (NDS) (nascida em Podkarpackie) e Anna Bodzinska (NDS) estiveram junto à população local em alguns dos eventos organizados nas cidades e vilarejos da província, tais como Rzeszów, Przemyśl, Leżańsk, Gniewczyna Leżańska, Dynów, Tyczyn, Kraczkowa, Jasionka, Pruchnik, Jarosław, entre outras localidades. A seguir, narraremos como quatro cidades e vilarejos prestaram seu apoio à lembrança do holocausto.

 

Rzeszów

A celebração realizada no cemitério judeu de Rzeszow.

Em 27 de janeiro, a cerimônia realizada em Rzeszów iniciou-se no cemitério judeu, onde foram recitadas orações pelo Rabino Shalom Ben Stambler, de Chabad-Lubavitch. No mesmo dia, mais tarde, foram realizadas palestras e reuniões. Alunos tiveram então a oportunidade de conhecer sobreviventes judeus poloneses do holocausto. Uma delas foi Lucia Hetman, que vivia na região antes e durante a 2ª Guerra Mundial e atualmente reside em Haifa, Israel. A atração artística foi um concerto de címbalos, um instrumento musical tipicamente judeu-polonês. O dia foi concluído com uma oração na Igreja de Fara, onde foram lidos os nomes dos poloneses locais que foram assassinados. Os nomes de judeus e cristãos foram lidos por representantes poloneses e judeus.

 

Jasionka

Jasionka: Jasionka: Ir. Katarzyna (NDS) fala sobre os “Justas Entre as Nações”.

Em 29 de janeiro, foram realizadas celebrações na escola primária de Jasionka. Ir. Katarzyna (NDS) foi uma das palestrantes. Ela falou a alunos de 13 a 18 anos, apresentando um panorama histórico sobre pessoas não judias e que receberam do Estado de Israel o título honorário de “Justos Entre as Nações” pelo fato de terem arriscado a vida durante o holocausto, por motivos altruístas, para salvar judeus do trágico extermínio perpetrado por nazistas. Ela também explicou porque é importante desempenhar um papel de destaque nos dias que marcam a memória do Holocausto.

 

Tyczyn

Tyczyn: velas sendo acesas no cemitério judeu.

Alunos e habitantes locais participaram de um programa em horário integral realizado em Tyczyn no dia 30 de janeiro. Os alunos acenderam 12 velas no cemitério judeu para relembrar os 1200 judeus que foram assassinados e deportados de Tyczyn, cidade que contava com 3000 habitantes antes da guerra.

Em seguida, o grupo partiu em visita a uma igreja e ao cemitério que, hoje, abriga os restos mortais de várias pessoas que receberam o título de “Justos Entre as Nações”. Foram narradas aos alunos histórias que contavam sobre a coragem e as escolhas difíceis a serem feitas pela população local durante a ocupação nazista. O centro cultural local preparou um programa de reuniões e palestras, uma performance musical e uma exposição sobre a vida e costumes dos judeus.

 

Przemyśl

Os atos que celebraram o Dia de Lembrança do Holocausto foram realizados ao longo de dois dias. Em 29 de janeiro, houve um evento comemorativo para recordar as pessoas que pereceram no gueto de Przemyśl. Ocorreu também uma sessão dedicada a conhecer sobreviventes do holocausto. No dia 30 de janeiro, foi realizada uma apresentação multimídia e um painel que debateu a história e a cultura dos judeus de Przemyśl e arredores, a partir de uma perspectiva atual.

 

Partilha das histórias dos sobreviventes ao holocausto.

 

Um trabalho em andamento

A 12ª edição do Dia Internacional de Lembrança do Holocausto de Podkarpacie passou despercebida aos olhos da mídia internacional. Entretanto, ainda assim é um exemplo relevante do tipo de trabalho de conscientização nas bases que está sendo empreendido na Polônia com relação à memória do holocausto e ao diálogo que circunda o tema. A ocasião revelou também que, em muitos locais em Podkarpacie, o passado judeu não cai no esquecimento: ao contrário, é considerado parte integral da história da Polônia e da educação atual sobre o holocausto.

Clique aqui para ver um documentário (em polonês com legendas em inglês) produzido pela Universidade de Rzeszów sobre o 12º Dia Internacional da Lembrança do Holocausto na província de Podkarpackie.

Por Ir. Katarzyna Kowalska (NDS)

site by airgid