Home> What we do> Ministries> Interreligious dialogue in Brazil

Interreligious dialogue in Brazil

A História do Brasil foi marcada pela sua conquista territorial envolvendo diversas culturas, povos, tornando-se um país propício a miscigenação, a qual possibilita uma abertura ao diferente.

 A Igreja nos ensina que devemos ser propagadores da palavra Encarnada. O papa Bento XVI em sua visita a Benin diz: “A Igreja esta chamada a ser inclusiva, mas nunca a custa da verdade cristã.”

As religiosas de Sion procuram responder a este apelo da Igreja, através de seus ministérios, iluminadas pelo carisma desta Congregação.  

Como poderemos ver a seguir, em nossos ministérios, situadas na realidade do Brasil, nós, Irmãs de Sion, buscamos testemunhar esse amor de Deus pelo povo judeu e por todos os povos, a fim de ajudar na construção de um país mais justo e mais humano, mais “para todos”. Veja a seguir nossos diferentes ministérios.


DIÁLOGO CRISTÃO JUDAICO E ECUMENISMO

Sion BrasilAlguns eventos têm permitido o aprofundamento da missão de Sion: o Diálogo Cristão Judaico e o Ecumenismo.
Nos meses de abril e maio de 2011, a sede da B’nai B’rith de S. Paulo acolheu o Seder Pascal, reunindo em torno de 90 pessoas. O Seder foi preparado pelo Conselho de Fraternidade Cristão-Judaica de S. Paulo.
Em S. Paulo, a Casa da Reconciliação (Instituição da Igreja Católica para o Ecumenismo e o Diálogo Interreligioso), irmãs de Sion trabalham há vários anos.    Os eventos são bastante diferenciados: reuniões ecumênicas e de diálogos bilaterais como: católico-judaico, anglicano-católico, católico-candomblé; retiros ecumênicos; formação para o diálogo; atos interreligiosos; encontros regionais de Ecumenismo; programas na televisão com líderes religiosos; assembléias anuais do Diálogo Católico-Judaico.
Nos dias 23 e 24 de outubro, aconteceu em Curitiba, a XVII Assembléia da Comissão Nacional do Diálogo Religioso Católico Judaico.  O tema da Assembleia foi a Bioética a partir das visões católica e judaica. Pelo judaísmo falou o Rabino Michel Schlesinger, da Congregação Israelita Paulista e pelo catolicismo o Dr. Cícero de Andrade Urban, professor da Universidade Positivo.
No dia 20 de novembro de 2011 foi inaugurado, em Curitiba o primeiro Museu do Holocausto da América Latina.  O museu, localizado no centro da cidade, terá função educativa. Uma exposição mostra a história desde os anos 1920 até os dias atuais, partindo dos antecedentes da ascensão nazista na Europa até as conseqüências do holocausto no mundo e no Brasil, com ênfase no Estado do Paraná.

Carlos Reis,  coordenador do Museu chama atenção para a importância de relembrar e preservar a história, dando ênfase ao objetivo principal do museu:  contribuir para a educação. Será desenvolvido um projeto pedagógico, preparado especialmente para escolas, envolvendo visitas guiadas e orientação aos professores e estudantes.

A diocese de Mogi das Cruzes – S. Paulo acolhe as Religosas da Congregação de Nossa de Sion e oferece a oportunidade de formar a Comissão Diocesana para o Ecumenismo e Diálogo Interreligioso. A equipe é composta de cartoze membros representados pelas Igrejas Católica, Metodista e Luterana. A Comissão tem como objetivo : promover ações que viabilizem o contato e a relação entre as religiões cristãs e não cristãs; proporcionar encontros que conscientizem os participantes sobre a importância do respeito mútuo, da abertura ao diálogo religioso, os quais possibilitam ações concretas como: ir ao encontro de outras igrejas e abrir-se ao outro que vem ao nosso encontro.  

Sion BrasilEste ano, a Comissão realizou alguns eventos:

1. Encontro Ecumênico de Fraternidade – O evento é refletir, sob uma ótica ecumênica, o tema proposto pela CNBB a cada ano. Conta-se com a participação de padres e pastores das igrejas integrantes da Comissão. Nos últimos anos, o Encontro tem sido realizado com as presenças enriquecidoras de membros da comunidade judaica, Edda Bergman e Rabino Leipzinger
2. A Igreja Católica no Brasil tem desenvolvido, oficialmente, o ministério ecumênico através da “Campanha da Fraternidade” desde o ano de 2000, o que revela, portanto, a importância do Ecumenismo na vida cristã.
3. Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos: no Brasil, acontece na semana que antecede a Festa de Pentecostes. A Comissão promove celebrações em diversas igrejas cristãs, para congregar e para divulgar o movimento ecumênico.
4. Mês da Bíblia: em Setembro, cada ano, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil propõe à Igreja o estudo de um livro bíblico. Este ano foi escolhido o livro do Êxodo.
5. Dia Nacional de Ação de Graças e Advento: Celebração preparada pela Comissão, com a participação das Igrejas integrantes e, às vezes, com Igrejas que não fazem parte – oficialmente – do grupo. De alguns anos para cá, a celebração abrange não apenas o momento de gratidão, mas vislumbra o Natal, celebrando também o Advento do Senhor Jesus.